sobre nóscontatolíngua | ENGLISH Portuguese
sobre nóscontato língua • ENGLISH Portuguese

O Que Fazer em Marrakech

14 Dezembro 2015 Viagens

Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Souks

Em continuação ao primeiro post que fiz sobre Marrakech, queria passar pra vocês os pontos turísticos mais interessantes da cidade. Nós ficamos em Marrakech três dias mas em um deles fomos conhecer a High Atlas Mountain – um passeio que adoramos! Além dos passeios mencionados abaixo, gostei bastante de fazer o tratamento Hammam que é uma espécie de sauna com esfoliação que é muito típico por lá. Recomendo encontrar um SPA para fazer.

Em relação ao tempo para ficar em Marrakech, achamos dois dias uma quantidade suficiente para conhecer as principais atrações turística. Fiz uma lista com o que fazer em Marrakech e vou dividí-la pela parte antiga e nova da cidade, assim fica mais fácil pra se organizar e visitar cada uma.

Old Town

1. Tombeaux Saadiens

As tombas Saadiens datam do século 16 e são uma das poucas coisas que restaram da dinastia Saadian. Quase tudo foi destruído pelo Sultão Moulay Ismail no século 18 que queria apagar qualquer traço desta dinastia. Os Saadian reinaram durante o período de 1524 e 1659, época considerada mais próspera no Marrocos. As tumbas foram decoradas com mármore italiano e muito ouro para fazer deste local um mausoléu digno para a família.

Endereço: Rue de La Kasbah / Horário de Funcionamento: Diariamente das 9h às 16h45

Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Tombeaux Saadiens Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Tombeaux Saadiens

2. Palais el Badi

No século 16 o sultão Ahmed el-Mansour decorou este palácio com ouro e pedras preciosas, mas 75 anos depois ele foi saqueado. Hoje é possível visitar apenas as ruínas, mas é interessante imaginar como o palácio seria no passado. Além disso, a vista do topo de um dos prédios é sensacional. O local possui também um pequeno museu onde está exposta a Koutoubia minbar, um púlpito de madeira do século 12 todo entalhado que foi um dos únicos exemplos que sobreviveram até hoje.

Endereço: Ksibat Nhass / Horário de Funcionamento: Diariamente das 8h30 às 11h45 e das 14h30 às 17h45

Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Palais el Badi Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Palais el Badi Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Palais el Badi Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Palais el Badi

3. Palais de la Bahia

O Palais de la Bahia foi construído no século 18 em dois estágios – primeiro pelo pai e depois pelo filho – e ao longo dos anos vários cômodos foram sendo anexados ao complexo à medida que novas terras ao redor ficavam disponíveis. O complexo é grande e no passado foi ricamente decorado. Infelizmente após a morte de seu dono, o próprio sultão ordenou que fossem retirados os lindos móveis e decorações que enfeitavam o local.

Endereço: Rue Riad Zitoun el-Jedid / Site: www.palais-bahia.com / Horário de Funcionamento: Diariamente das 8h às 17h

Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Palais de la Bahia Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Palais de la Bahia

4. Souks

Os souks ou mercados da Medina são o coração de Marrakech e o símbolo da cidade. Eles são formados por diversos becos conectados que vendem tudo que você pode imaginar. Com certeza é um dos lugares mais interessantes e sobrecarregados que você vai visitar em sua vida. A visita é um pouco cansativa – falei sobre isso neste post – pois é preciso sempre estar alerta, já que sendo o lugar mais turístico da cidade a todo momento alguém está tentando te vender algo ou tirar dinheiro de você (sem contar que é lotado e passam motos, burros de carga, bicicletas). Ele é praticamente um labirinto dividido em seções dedicadas a diferentes produtos – ferro, tapete, temperos – então tente andar bastante por lá (e claro barganhe muito antes de comprar).

E não deixe de passar pela praça Jemaa-el-Fnaa que possui encantadores de serpentes, barraquinhas de comida e outras atrações. Ela começa a ficar mais animada ao final do dia, pois é ponto de encontro de muitos habitantes da cidade.

Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Place Jemma-el-Fna Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Place Jemma-el-Fna Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Souks Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Souks Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Souks Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Souks Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Souks

5. Ali ben Youssef Medersa

O Ali ben Youssef Medersa foi um centro de estudos islâmico fundado no século 14 que já foi o maior da África do Norte. Os cerca de 900 estudantes que entravam no prédio se deparavam diariamente com a frase na entrada: “You who enter my door, may your highest hopes be exceeded”. A decoração é impressionante, com a mistura de mosaicos, madeira entalhada e mármore italiano. Também é possível visitar os cômodos onde alguns alunos habitavam na escola, sendo que o tamanho do quarto era determinado pelo nível de cada pupilo.

Endereço: Kaat Benahid / Site: www.medersa-ben-youssef.com / Horário de Funcionamento: Diariamente das 8h às 17h

Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Ali ben Youssef Medersa Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Ali ben Youssef Medersa Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Ali ben Youssef Medersa

6. Musée de Marrakech

Este museu era o antigo Dar Menebhi Palace construído no século 19. O palácio estava muito deteriorado até que foi restaurado e aberto ao público em 1997. A decoração é linda, com um jardim interno central, mosaicos e trabalhos em madeira.

Endereço: Place ben Youssef / Site: www.museedemarrakech.ma / Horário de Funcionamento: Diariamente das 9h às 18h30

Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Musée de Marrakech Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Musée de Marrakech Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Musée de Marrakech Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Musée de Marrakech

New Town

A parte nova da cidade é mais tranquila do que a Medina. Ninguém te aborda tentando vender nada, o trânsito não é tão caótico e existem uma quantidade razoável de lojas que são familiares pra gente (como a Zara, por exemplo). Ela não tem muito charme, mas tem uma atração por esta região que vale a pena conhecer.

Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - New Town Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - New Town

1. Jardin Majorelle

Criado pelo artista francês Jacques Majorelle, este jardim foi uma das visitas mais sossegadas que fizemos. A vegetação se mistura com as construções em uma azul muito vivo – conhecido como Majorelle Blue – o que faz do lugar algo muito autêntico. No passado o Jardin Majorelle foi comprado por Yves Saint Laurent e seu companheiro Pierre Bergé que cuidaram da sua manutenção e posteriormente abrindo-o ao público. Além dos jardim em si, é possível visitar o Berber Art Museum, que mostra peças produzidas pelos povos indígenas de Marrocos.

Endereço: Rue Yves Saint Laurent / Site: www.jardinmajorelle.com / Horário de Funcionamento: Aberto diariamente das 9h às 17h (o horário é prolongado em alguns meses do ano)

Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Jardin Majorelle Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Jardin Majorelle Passagem Gastronômica - Roteiro de Marrakech - Jardin Majorelle

Deixar um Comentário

2

Gustavo Woltmann

Janeiro 20, 2017

Deve ser maravilhoso ir para um local com cultura tão diferente e rica, espero um dia poder conhecer essa região, muito lindo!

Patricia Cochoni

Janeiro 24, 2017

Gustavo, realmente é muito enriquecedor conhecer uma cultura tão diferente da nossa. Espero que em breve consiga organizar uma viagem pra lá. Acho que você vai adorar. E se algum dia precisar de ajuda com a organização pode contar comigo.
= )