sobre nóscontatolíngua | ENGLISH Portuguese
sobre nóscontato língua • ENGLISH Portuguese

Roteiro de Tokyo, Japão

24 Abril 2013 Viagens Passagem Gastronômica - Imperial Palace Gardens - Roteiro de Tokyo - Japão

Tokyo é uma cidade vibrante sendo considerada uma das áreas mais populosas do mundo! Quando você chega à cidade consegue identificar o Japão que estamos acostumados a imaginar, cheio de luzes, cruzamentos lotados de pessoas, adolescentes fantasiados…. Como toda boa cidade cosmopolita, Tokyo oferece um leque de atrações turísticas, opções gastronômicas e lojas. Por isso, fiz esse roteiro de Tokyo pra ajudar quem visita a cidade.

A quantidade de dias que passar em Tokyo vai depender muito dos tipo de passeio que você gosta de fazer. Como o que mais gosto é conhecer locais históricos, 4 dias em Tokyo foi tempo suficiente. Mas conheço pessoas que ficam uma semana em Tokyo e encontram várias coisas pra fazer. No roteiro de Tokyo coloquei minhas atrações favoritas.

Vou listar os passeios que fizemos pela cidade (de novo começando pelos preferidos), mas sugiro que vocês visitem a página do Japan Guide, da revista Time e o blog Aprendiz de Viajante para ver mais dicas de passeios que possam interessar tanto na cidade quanto fora (day trips).

Alguma recomendações antes de sair explorando a cidade:

1. Acredito que o meio mais fácil para andar pela cidade é de Metrô. Ainda mais porque é uma cidade bem grande onde as distâncias são relevantes. Se tiver dúvidas sobre como usar o Metrô na cidade, o site do Metrô de Tokyo traz algumas dicas. Além do passe individual, você pode comprar um cartão do metrô no qual você coloca o valor que quiser gastar(sujeito a um mínimo), e assim não precisa ficar comprando o passe individual toda vez que usar o metrô.

2. Antes de sair para fazer os passeios, tente aproveitar para ver todos os pontos turísticos que interessam naquela região (o Japan Guide divide os passeios por região, o que facilita nesse aspecto). Como disse Tokyo é enorme, e você perde muito tempo para ir de um ponto ao outro.

3. Se possível peça sugestões para o concierge do hotel, ou procure na internet, restaurantes para almoçar/jantar na região onde fará seus passeios. É bem difícil procurar pelo google maps, ou outros aplicativos de celular, porque o resultado da busca sempre apareçe em japonês.

1. Ginza

Nesta região ficam localizadas as mais antigas e tradicionais lojas de departamento de Tokyo, entre outras diversas lojas de grifes. É bem gostoso para passear, principalmente aos sábados e domingos à tarde quando fica proibida a entrada de carros na rua Chuo Dori.

Uma loja de departamento que sugiro visitar é a Mitsukoshi. As opções de restaurantes (se não me engano no último andar) são ótimas! Vou postar ainda essa semana o que comemos por lá. Além disso, a seção de produtos alimentícios é incrível!!! Tem bolos, pães, frutas…tudo maravilhoso!

Outra dicas para as mulheres que adoram maquiagem é visitar o quiosque de maquiagem da Laduree que é simplesmente sensacional!!

Em relação à compras, pelos itens que vi por lá, vale a pena comprar eletrônicos, mas não produtos de grifes como Prada, Chanel, comparando o preço de lá com o de Londres.

Passagem Gastronômica - Ginza - Roteiro de Tokyo - Japão Passagem Gastronômica - Ginza - Roteiro de Tokyo - Japão

2. Shibuya Crossing

Esse cruzamento ficou muito conhecido depois do filme Encontros e Desencontros (Lost in Translation) da Sofia Coppola (vale a pena assistir antes de visitar a cidade!). Recomendo visitar o local à noite para ver melhor as luzes dos anúncios.

Passagem Gastronômica - Shibuya Crossing - Roteiro de Tokyo - Japão

3. Harajuku

Harakuju é a região de Tokyo onde você encontrar uma grande concentração de adolescentes fantasiados (cosplay). Tente visitar ao final de semana na parte da tarde, quando a maioria dos adolescentes vai pra lá. Aparentemente o local em que eles mais ficam é na Takeshita Street.

Quando estiver por lá, aproveite para passear pela avenida Omotesando, que é considerada a Champs-Elysees de Tokyo.

Passagem Gastronômica - Harajuku - Roteiro de Tokyo - Japão Passagem Gastronômica - Harajuku - Roteiro de Tokyo - Japão

4. Sensoji Temple

Este complexo de templos budistas fica em uma região conhecida como Asakusa, que possui várias lojinhas de comida e souvenirs. No passado esta região era tida como o principal distrito de entretenimento da cidade.

O Sensoji Temple é um dos mais antigos de Tokyo, tendo sido construído em 645. Além do templo principal, não deixe de apreciar o portão principal que dá acesso ao Sensoji Temple (Kaminarmiron), a pagoda, e os outros templos templos do complexo.

Nos domingos é comum acontecer cerimônias de casamento em alguns dos templos do complexo. É bem interessante, então se puder deixe para visitar essa região no domingo.

Passagem Gastronômica - Sensoji Temple - Roteiro de Tokyo - Japão Passagem Gastronômica - Sensoji Temple - Roteiro de Tokyo - Japão Passagem Gastronômica - Sensoji Temple - Roteiro de Tokyo - Japão Passagem Gastronômica - Sensoji Temple - Roteiro de Tokyo - Japão Passagem Gastronômica - Sensoji Temple - Roteiro de Tokyo - Japão Passagem Gastronômica - Sensoji Temple - Roteiro de Tokyo - Japão Passagem Gastronômica - Sensoji Temple - Roteiro de Tokyo - Japão

5. Edo-Tokyo Museum

Este museu expõe diversos artefatos e miniaturas de prédios que contam a história de Tokyo desde o período dos samurais, quando a cidade ainda era conhecida como Edo.

Recomendo que você vá a este museu, e quando entrar procure por um guia para ir explicando a história da cidade, o que deixa o passeio bem mais interessante. Não é preciso pagar nada pelo guia.

Passagem Gastronômica - Edo-Tokyo Museum - Roteiro de Tokyo - Japão

6. Imperial Palace Gardens

Os jardins do palácio imperial são lindos! Infelizmente não é possível visitar o palácio em si (que só abre uma parte ao público no dia 23 de dezembro e 02 de janeiro), mas o jardim já vale a pena a visita.

Se for na época das cerejeiras, aproveite para visitar uma região conhecida como Chidorigafuchi, que fica próximo ao palácio imperial e, é considera um dos melhores pontos para se apreciar as cerejeiras.

Passagem Gastronômica - Imperial Palace Gardens - Roteiro de Tokyo - Japão Passagem Gastronômica - Imperial Palace Gardens - Roteiro de Tokyo - Japão Passagem Gastronômica - Imperial Palace Gardens - Roteiro de Tokyo - Japão Passagem Gastronômica - Imperial Palace Gardens - Roteiro de Tokyo - Japão

7. Lindt Chocolate Café

Fiquei enlouquecida quando descobri que existia Café da Lindt em Tokyo! A loja, além de vender os produtos da marca, serve milkshake e sorvete Lindt! Apesar de amar os produtos da marca, as opções que experimentei não atenderam às expectativas (que eram altas porque o chocolate Lindt é muito bom!). Mas recomendo ir para experimentar e tirar suas próprias conclusões.

Sei que existem unidades do Café em Omotesando, Shibuya e Ginza. Mas vale checar com o concierge do seu hotel para saber aonde ficam as demais unidades.

Passagem Gastronômica - Lindt Chocolate Café - Roteiro de Tokyo - Japão Passagem Gastronômica - Lindt Chocolate Café - Roteiro de Tokyo - Japão

8. Roppongi Hills

O Roppongi Hills é um complexo de escritórios, restaurantes, lojas e cinemas em Tokyo.

Neste local você pode encontra a famosa escultura em formato de aranha (Maman), do artista Louise Bourgeois. A escultura possui cerca de 9 metros de altura, e exemplares similares estão expostos nos Estados Unidos, Canadá, Espanha, entre outros. Se olhar na parte central da aranha, vai ver que dentro do corpo existem alguns ovinhos.

Passagem Gastronômica - Roppongi Hills - Roteiro de Tokyo - Japão

9. Tsukiji Fish Market

O Tsukiji é um o maior mercado de peixes do mundo! O ponto mais visitado do mercado é o leilão de atum que acontece quase diariamente (exceto domingos e feriados). Só é permitido a visita de 120 pessoas por dia em dois turnos: 60 pessoas das 5:25 às 5:50, e outras 60 pessoas das 5:50 às 6:15.

Chegamos no mercado às 4:30 da manhã e os lugares para a visita do dia haviam se esgotado às 3:30! Varia muito de dia para dia, mas se não conseguir ver o leilão pelo menos consegue ver o funcionamento do mercado em si. Dê uma olhada nestes dois links (link 1 e link 2), e também converse com o concierge do seu hotel para ver os melhores horários para tentar conseguir assistir ao leilão (se tiver disposição para acordar tão cedo).

10. Kappabashi Street

A real atração deste bairro são as lojas de itens culinários! Tem inúmeras lojas que vendem panelas, formas, cerâmicas e as famosas facas japonesas. Só vale ir até lá se você gostar de comprar itens para sua cozinha. A CNN inclusive fez uma reportagem contando que é lá que os chefes japoneses fazem suas compras.

Uma das lojas mais recomendadas para se comprar facas é a Kamata. As facas que eles oferecem são ótimas. Nós compramos e adoramos.

11. Tokyo-Midtown

Este é um complexo similar ao Roppongi Hills. Lembra bastante o shopping Cidade Jardim em SP. No dia em que fomos estava bem vazio. Gostamos mais do Roppongi Hills por ser mais agitado.

De qualquer forma, se passar por este complexo, aproveita para dar uma olha no supermercado que tem por lá, que é bem interessante. E ah, repare nos diferentes tipos de Kit Kat que existem, desde morango até chá-verde.

12. Disney Sea

Em Tokyo você tem a opção de visitar a Tokyo Disneyland ou a Disney Sea (parque da Disney exclusivo do Japão com a temática do mar). Como conhecemos a Disney em Orlando, achamos que seria mais interessante ir no Disney Sea.

Entramos no site para tentar comprar o ticket com antecedência, mas este tem que ser comprado no mínimo 7 dias antes da visita ao parque. Então acabamos deixando para comprar na hora.

Havíamos lido na internet que o parque era muito cheio e que havia fila simplesmente pra tudo. Eu já cheguei no parque esperando fila, mas nada parecido com o que encontramos por lá.

Além da fila para comprar o ticket que durou cerca de 1h, praticamente todas as atrações do parque tinham fila. Os principais brinquedos tinham em média 210 minutos de fila, e os não tão concorridos tinham de 40 minutos a 120 minutos. Conseguimos pegar o fast pass de uma das principais atrações (depois de pegar uma fila de 20 minutos) para as 17:45 da tarde! Isso porque pegamos o ticket as 10:30 da manhã. Também tinha fila para comprar água, comprar pipoca, cachorro-quente (de 20 a 40 minutos). Ou seja tem fila pra tudo!

Por isso, pense muito bem antes de ir. Apesar do parque ser realmente lindo, tem que ter muita paciência. Se decidir ir, o blog Aprendiz de Viajante faz uma descrição bem detalhada do parque.

Aparentemente a época que fui era bem movimentada, mas pelas críticas que eu li na internet o ano todo é bem cheio.

Deixar um Comentário